Poli Saúde Laboratório Policlínica
NOTÍCIA

20/01/2011
20 de janeiro, Dia do Farmacêutico

Comandar 18 colaboradores e gerenciar o funcionamento da farmácia Central, das farmácias do Centro Cirúrgico, do Pronto Socorro e do Ambulatório e ainda o Almoxarifado. Essas são algumas das funções da farmacêutica e bioquímica Zeliane Lovatel, responsável técnica e coordenadora do Serviço de Farmácia Hospitalar da Policlínica Pato Branco.
A farmacêutica tem participação importante no tratamento e recuperação dos pacientes, trabalhando em parceria com outros profissionais médicos e enfermeiros. "Trabalhamos em sistema de integração multidisciplinar, iniciando com a prescrição médica e com o atendimento à equipe de Enfermagem e aos pacientes", explica Zeliane.
Como responsável técnica pelo Serviço de Farmácia Hospitalar da Policlínica, Zeliane controla todos os processos de aquisição de materiais, medicamentos e insumos hospitalares. "Assim, é possível proporcionar segurança à instituição e aos pacientes, quanto a qualidade, armazenamento e distribuição e garantir a eficácia e eficiência de todos os produtos adquiridos", detalha. Zeliane acrescenta que o serviço é imprescindível para a recuperação dos pacientes. "Sem o farmacêutico, perde-se a garantia da qualidade dos produtos, dos medicamentos e, como consequência, do atendimento", resume a farmacêutica.

O Dia do Farmacêutico
A data escolhida deve-se ao dia da fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos, que ocorreu no dia 20 de janeiro de 1916. A Farmácia, que se dedica à arte da pesquisa, do preparo de medicamentos e ao conhecimento dos mecanismos de ação desses remédios nos seres vivos, é uma das mais antigas ciências da história da humanidade.
Como toda atividade científica e tecnológica, a profissão de Farmacêutico está em processo permanente de mudança e renovação. A Ciência Farmacêutica, com todos os seus ramos de especialização, necessita simultaneamente da visão tecnicista e do olhar humanístico do profissional. A dimensão ética do exercício da profissão deve levar em consideração, sem qualquer discriminação, o benefício ao ser humano e à coletividade por meio da prevenção, manutenção e recuperação da saúde, e à preservação do meio ambiente.