Poli Saúde Laboratório Policlínica
NOTÍCIA

26/11/2010
Policlínica tem rotinas para prevenir bactérias multirresistentes

A ocorrência, em alguns hospitais do Brasil, da Klebisiella pneumoniae carbapenemase, a bactéria multirresistente mais conhecida como KPC, tem deixado grande parte da população assustada e temerosa de que o fato possa se repetir em outras instituições de saúde. Na Policlínica Pato Branco, a prevenção e o controle de infecções já fazem parte do cotidiano e ajudam a evitar situações semelhantes.
A Policlínica conta com o trabalho da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH). Não há registro de ocorrência da KPC na Policlínica e, segundo a enfermeira Marzi Maria Molinete, coordenadora do SCIH e especializada em controle de infecções, isso se deve ao trabalho continuado. “A exigência da Anvisa, através da RDC nº 42, que estabelece a rotina específica, veio a partir de outubro deste ano, enquanto que, na Policlínica, a rotina já é realizada desde novembro de 2006”, exemplifica Marzi.
Segundo a coordenadora do SCIH, o trabalho de prevenção é uma das vantagens da Policlínica ter a Acreditação Hospitalar, que visa garantir a segurança dos pacientes, seus acompanhantes e colaboradores da instituição. O SCIH segue cronograma anual de treinamentos de rotina, que são obrigatórios conforme a portaria 2.616, da Anvisa.