Poli Saúde Laboratório Policlínica
NOTÍCIA

03/11/2010
Policlínica investe na estrutura para atendimentos no SUS

Recentemente, a Policlínica Pato Branco concluiu a reforma da Unidade de Internações SUS - Posto 6 e também concluiu as obras do novo Laboratório Policlínica. As mudanças na estrutura física, somadas ao já reestruturado Posto 4, à UTI Neonatal e Pediátrica e à construção da brinquedoteca “O Fantástico Mundo de Poli” resultaram na melhoria do atendimento para os pacientes que utilizam o SUS. Hoje, são 144 leitos para atender à população, com a qualidade da Policlínica Pato Branco, que teve referendada a certificação em Acreditação Hospitalar, espécie de ISO 9000 do setor de saúde.
Todas essas melhorias foram constatadas pelo conselheiro tutelar de Pato Branco, Amilton Maranoski, que visitou a Policlínica no final de junho. Maranoski, que também é coordenador da Coleta Seletiva do município e integrante do Conselho Fiscal do bairro Santo Antonio, percorreu vários setores do hospital e conferiu de perto as grandes mudanças promovidas em diversos setores. “As novas instalações do Posto 6, e também o Posto 4, são um grande avanço para a Policlínica e para o nosso município. A estrutura melhorou muito e dá para ver que os pacientes estão se sentindo muito bem atendidos,graças ao conforto, atendimento e profissionalismo das equipes”, destacou.
Maranoski, que já foi presidente da União de Bairros, ficou encantado com a brinquedoteca “O Fantástico Mundo de Poli”, que começou a funcionar em maio, na Policlínica. “Falando como conselheiro tutelar, a brinquedoteca é uma extensão da casa para essas crianças que estão internadas. Elas podem brincar no hospital e a alegria delas ajuda na recuperação. E o melhor, a brinquedoteca atende as crianças internadas pelo SUS”, ressaltou.
Outro setor que surpreendeu positivamente o conselheiro tutelar foi o novo Laboratório Policlínica. “Pude conhecer toda a estrutura, os responsáveis técnicos e foi muito bom saber que exames que levavam até oito dias para sair o resultado, como o de HIV, levam três horas aqui na Policlínica. O laboratório novo é completo e atende 24 horas por dia, inclusive para o SUS. É uma tranquilidade para a gente”, afirmou. Ao final da visita, Maranoski saiu satisfeito com a evolução apresentada pela Policlínica. “Todos que vão pelo SUS têm o mesmo atendimento que os pacientes de convênios e particulares. É só benefício para a população”, resumiu Amilton Maranoski.