Poli Saúde Laboratório Policlínica
NOTÍCIA

01/08/2017
Instituto Policlínica PB comemora dois anos de gestão

No dia 1º de agosto de 2015, o Instituto Policlínica PB assumiu a gestão hospitalar da Policlínica Pato Branco com o desafio de viabilizar a continuidade dos serviços frente aos altos custos operacionais (principalmente tributários). Além disso, a Policlínica Pato Branco, por ser empresa privada, não tinha direito a receber incentivos governamentais.

A partir da cessão dos serviços hospitalares, a direção do Instituto dedicou-se a buscar o equilíbrio financeiro do hospital. Como entidade privada sem fins lucrativos (fundada em 1º de julho de 2010), o Instituto Policlínica PB já havia recebido o certificado de Utilidade Pública por parte do Município de Pato Branco, em 22 de fevereiro de 2012. O reconhecimento de Utilidade Pública por parte do Governo do Paraná aconteceu em 19 de outubro de 2015, e o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas Saúde) foi concedido pelo Ministério da Saúde em 17 de novembro de 2016.

Desde abril do ano passado, após receber a concessão de Utilidade Pública Estadual,o Instituto Policlínica PB integra o Programa de Apoio e Qualificação de Hospitais Públicos e Filantrópicos do SUS Paraná (HospSus). Com isso, o Governo Estadual passou a fazer aporte mensal para o custeio das operações, contribuindo para equilibrar a relação entre receitas e despesas.

Com a conquista do Cebas Saúde, o Instituto teve direito a isenção de impostos federais, aliviando a pesada carga tributária antes imposta à Policlínica Pato Branco. E por possuir o certificado, será possível solicitar recursos federais ao Ministério da Saúde e por meio de emendas parlamentares. No momento, o Intituto Policlínica PB aguarda aprovação de projeto  para a aquisição de equipamentos apresentado à Assembleia Legislativa do Paraná. Paralelamente, a instituição contratou a HCP Gestão de Projetos, de Ponta Grossa, em janeiro passado, para formular projetos para a captação de recursos junto ao Governo Federal. Os projetos solicitarão verbas para aquisição de equipamentos e melhorias na estrutura do hospital.

Dois anos de atendimentos
O número de atendimentos no período em que o Instituto Policlínica PB assumiu a gestão hospitalar é expressivo: 156.014.

Cirurgias (agosto/2015 a julho/2017): SUS - 6.927; Convênios - 5.101; Particulares - 1.260. Total: 13.288.
Atendimentos ambulatoriais (agosto/2015 a julho/2017): Ambulatório Geral - 24.757; Ambulatório Oncológico - 19.131. Total: 43.888.
Internações (agosto/2015 a julho/2017): SUS - 12.702; Convênios - 8.362; Particulares - 1.524. Total: 22.588.
Atendimentos Pronto Socorro (agosto/2015 a julho/2017): SUS - 12.404; Convênios - 61.729; Particulares - 2.117. Total: 76.250.

Agradecimento
A Direção do Instituto Policlínica PB divide com todos os colaboradores os resultados dos primeiros 24 meses de gestão hospitalar. O trabalho para atingir o equilíbrio financeiro está apenas no início, mas a compreensão de todos e a dedicação aos pacientes e ao hospital merecem total reconhecimento.