Poli Saúde Laboratório Policlínica
NOTÍCIA

27/08/2013
Paulo Giublin é Cidadão Honorário de Pato Branco

A Câmara Municipal de Pato Branco realizou sessão solene na noite de sexta-feira, 23 de agosto, para a entrega do título de Cidadão Honorário ao médico Paulo Roberto Giublin. A solenidade contou com a presença do prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi; do vice-prefeito Ivo Polo; do subchefe da Casa Civil do Estado do Paraná, Guto Silva; e de outras lideranças políticas e empresariais. A Policlínica Pato Branco, instituição em que Paulo Giublin é coordenador do Serviço de Cirurgia Cardíaca, foi representada pelos diretores Ivanio Guerra e Sadao Yamamoto. Muitos colaboradores da Policlínica também prestigiaram o evento.

O título de Cidadão Honorário de Pato Branco foi proposto pelo vereador Claudemir Zanco, o Biruba. O Decreto Legislativo nº 6/2012, que concede o título ao médico Paulo Giublin, foi aprovado por unanimidade dos vereadores da Legislatura passada (2009-2012), nas sessões realizadas em 3 e 5 de dezembro de 2012. "A proposição surgiu em decorrência do profissionalismo de Paulo Giublin e também pelo lado humano dele. Conheci o médico em 2003, quando do credenciamento do serviço de transplantes cardiácos em Pato Branco. Depois, conheci a pessoa, o amigo. Após anunciarmos a proposição, recebemos muitas ligações de apoio. É uma forma do município de Pato Branco agradecer ao dr Paulo Giublin", relatou. Biruba ressaltou a importância do título, que cada vereador só pode outorgar uma vez por legislatura. "É uma decisão muito importante e foi bem pensada. A cidade ganhou muito com a vinda dele", completou Biruba.

A cerimônia foi marcada pelas homenagens ao cirurgião e a emoção tomou conta do novo cidadão pato-branquense. "Estou muito feliz. É o momento mais emocionante da minha trajetória aqui. Representa o carinho da população por meio dos vereadores. Como abracei Pato Branco anos atrás, agora Pato Branco me abraça", destacou Giublin. Em seu discurso, o homenageado fez questão de dividir a honraria com seus pais, sua esposa Thaís Kasprowicz Mascarenhas Giublin (médica especializada em Cardiologia Pediátrica), suas filhas Renata e Rafaela e com os profissionais da Policlínica Pato Branco.

Para o diretor presidente da Policlínica, Ivanio Guerra, a honraria concedida representa o reconhecimento de Pato Branco pelos serviços prestados por Paulo Giublin. "É uma grande satisfação para todos nós. De certa forma, a homenagem a ele é também uma homenagem a todos os colaboradores da Policlínica. Estamos muito orgulhosos por contar com um médico extremamente competente e com toda a sua equipe", comemorou Ivanio Guerra, em nome da diretoria do hospital.

Cidadão de Pato Branco
Natural de Curitiba, Paulo Roberto Giublin tem 52 anos. Formou-se em Medicina na Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1984. Concluiu a especialização em Cirurgia Cardiovascular no Hospital Universitário Evangélico de Curitiba, em 1990, e o mestrado em Cardiologia no Hospital de Clínicas (HC) da UFPR, no ano de 1992. Mudou-se de Curitiba para Pato Branco em 1997, para implantar o serviço de Cardiologia, credenciado em 1998. Já realizou mais de 3 mil cirurgias nesses 15 anos, a grande maioria pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 2005, já comandou 15 transplantes cardíacos realizados na Policlínica Pato Branco.