Poli Saúde Laboratório Policlínica
NOTÍCIA

30/09/2012
Transplante renal de número 600 é realizado na Policlínica Pato Branco

No dia 18 de setembro, a equipe de profissionais que realiza os transplantes de rim na Policlínica Pato Branco alcançou uma marca histórica na região: foi o 600º transplante renal realizado no hospital, o único do Sudoeste capacitado para o procedimento. O paciente é de Francisco Beltrão, do sexo masculino, 23 anos, e recebeu rim doado pela irmã. Curiosamente, o 500º transplante renal realizado na Policlínica Pato Branco, em agosto de 2010, também teve um receptor beltronense - uma estudante de 20 anos que recebeu o rim doado pelo próprio pai.

Atualmente, segundo dados da Unidade de Terapia Renal (UTR) de Pato Branco, 71 pessoas da microrregião de Pato Branco estão na fila de espera. Ainda conforme dados da UTR, dos 600 transplantes de rim realizados em Pato Branco, 304 tiveram doadores falecidos, enquanto 296 foram realizados graças a doadores vivos.

O médico urologista Sergio Luiz Janczeski Júnior é um dos integrantes da equipe de profissionais da Policlínica Pato Branco responsável pelo transplante de rim de número 600 em Pato Branco. Ele conta que o procedimento levou cerca de duas horas e meia, o que representa uma grande evolução desde a primeira vez que participou de um transplante renal pela Policlínica, em 1992. “Há 20 anos, levávamos cerca de seis horas, desde a retirada do órgão do doador até o transplante. Os transplantes hoje são muito mais rápidos, graças à evolução das técnicas cirúrgicas, e as complicações são muito menores”, compara o médico.

O urologista credita o desenvolvimento à capacitação da equipe que realiza os transplantes na Policlínica Pato Branco. “É uma equipe multiprofissional, que conta com urologistas, anestesistas, cirurgião vascular e os nefrologistas (que fazem o acompanhamento clínico antes, durante e após o transplante), além de outros profissionais”, relata.

O médico Sergio Janczeski Jr destaca ainda que os índices de sucesso nos transplantes renais realizados na Policlínica Pato Branco estão equiparados aos de grandes centros do Brasil e do mundo. “É a soma de fatores importantes: temos profissionais capacitados, apoio de ótimo Centro Cirúrgico e UTI estruturada. São poucos os locais no Paraná que contam com uma estrutura como a nossa”, observa.